Então, você tem uma boa ideia ou projeto e quer transformá-lo em realidade através do financiamento coletivo?

Preparamos um check list com os itens que você deve levar em consideração ao criar uma campanha. Confira! 😉

Título da Campanha de Financiamento Coletivo

Pense com atenção no título de sua campanha, afinal, ele será a primeira informação visualizada na página da campanha, nas redes sociais e também nos sites em que você compartilhá-la. Ele deve ser curto, direto e capaz de “vender” a sua campanha rapidamente. Em poucas palavras, você deve explicar qual é o objetivo de sua campanha e também convencer e convidar o leitor a clicar.

Box das campanhas de financiamento coletivo

Box das campanhas de financiamento coletivo

Recompensas da Campanha

Recompensas são o diferencial de sua campanha de financiamento coletivo e, muitas vezes, são determinantes para o sucesso de uma campanha. Pense em algo criativo e generoso. Nem sempre tem a ver com algo físico, mas pense em algo que proporcione uma experiência incrível para o seu contribuidor (pode ser um encontro com o artista ou um hangout, por exemplo).

Sugerimos incluir de 3 a 6 recompensas, uma para cada valor de contribuição. Comece com uma recompensa para contribuições de R$ 10 e termine com recompensas para contribuições VIP ou de empresas, cujo valor pode ser superior a R$ 15 mil, dependendo do projeto.

Recompensa de financiamento coletivo para pré-venda

Recompensa de financiamento coletivo para pré-venda

Recompensa de financiamento coletivo do Projeto Onçafari

Recompensa de financiamento coletivo do Projeto Onçafari

Recompensa de financiamento coletivo de Ballet dos Cegos

Recompensa de financiamento coletivo de Ballet dos Cegos

Texto e Layout da Campanha de Financiamento Coletivo

É hora de criar um super texto para defender o seu projeto. Você deve explicar porque o seu projeto é tão importante e merece cada contribuição. E também, fale o que fará com o dinheiro arrecadado e, principalmente, se sua campanha for flexível (onde você leva o dinheiro mesmo se não arrecadar o valor total da meta), como usará o dinheiro adquirido para iniciar o projeto.

Conte sobre a sua história e sua experiência profissional, as pessoas gostam de saber quem está por trás do projeto, para quem eles darão dinheiro. Coloque imagens, gráficos, vídeos, tudo que possa enriquecer a página de sua campanha de financiamento coletivo. Crie um vídeo de apresentação e se apresente para o público!

Imagem da campanha de financiamento coletivo do HQ Au

Imagem da campanha de financiamento coletivo do HQ Au

Mídias Sociais

As mídias sociais são fundamentais para a sua campanha. Você deve inclui-las na página de sua campanha para que seus possíveis contribuidores o conheçam e tenham mais confiança para contribuir.

Após o lançamento, use as mídias sociais também em seu planejamento de marketing da campanha. Para algumas campanhas, as mídias sociais, principalmente o Facebook, são os canais mais importantes e os que mais trazem retorno de contribuições podendo representar até 90% de todo o valor arrecadado.

Prazo da Campanha

Estabeleça um prazo para a sua campanha de financiamento coletivo. Geralmente, as plataformas de crowdfunding possuem o prazo máximo de 60 dias.

Não coloque um prazo muito curto (menos de 30 dias), pois pode não dar tempo de sua campanha ganhar força e receber o máximo de contribuições. Mas, também não coloque um prazo muito longo, pois muitos contribuidores podem pensar “ah, tem muito tempo, depois eu volto para contribuir” e acabam esquecendo. Mantenha um prazo ideal levando em conta o seu projeto e quanto precisa arrecadar.

Meta da Campanha

Escolha uma meta realista, o mínimo que você precisa arrecadar para lançar seu projeto. Com uma meta realista, você se sentirá mais motivado para alcançá-la e também poderá adquirir mais contribuições de pessoas que sentirão que seus R$ 10, R$ 20 farão a diferença.

Ao decidir a sua meta, faça um cálculo rápido:

  • Custos para a produção do seu projeto (produzir livros, show, filme…);
  • Custos para a produção e envio das recompensas (brindes, itens personalizados, CDs..)
  • Inclua sempre também a taxa da administrativa da plataforma de financiamento;
  • Para finalizar o custo total, adicione percentual para margem de erro.

Somando estes valores, você chegará ao valor líquido necessário que precisa arrecadar.

Ficou animado? Então, crie a já a sua campanha de financiamento coletivo e realize seus projetos!

shares