was successfully added to your cart.

Obter influenciadores para apoiar a sua campanha de financiamento coletivo, seja ela para viabilizar um projeto social, a abertura de uma empresa ou um campeonato esportivo, é como ir de sussurro em sussurro para uma multidão – assim, sua mensagem ecoará por todos atingindo uma multidão.

Há diversas vantagens em envolver influenciadores na divulgação de suas campanhas, por isso, é sempre recomendado incluir este tipo de ação em seu planejamento de marketing. A questão, ou às vezes desafio, torna-se então como você está envolvendo esse influenciador. Influenciadores, embora ocasionalmente pagos, geram credibilidade à sua ação e, consequentemente, melhor performance para a sua campanha de financiamento coletivo. Mas, se você não tem verba, use a sua imaginação. Muitos deles, podem até se sensibilizar com o seu projeto e fazer promoção sem a necessidade de verba ou cachê. Além do mais, você pode combinar um pagamento que não seja monetário. Se você pretende lançar um produto inovador, que tal oferecê-lo? Ou você pode oferecer em troca divulgação em seus canais (compartilhar posts dele, retuitá-lo…).

Tipos de influenciadores para a sua campanha

Sem dúvida, com o grande alcance das redes sociais, os influenciadores mais eficientes, capazes de impactar uma multidão de seguidores são os influenciadores sociais. Os artistas e celebridades da web fazem sucesso no Facebook, Youtube, Twitter, Instagram ou outra rede social e trazem um grande retorno em questão de visibilidade. Procure algum que tenha o mesmo público que o tema da sua campanha de financiamento coletivo. Está arrecadando fundos para gravar um CD ou DVD? Procure músicos do mesmo estilo e com um número grande de seguidores.

Menino tendo ideia

Mas, também há os influenciadores jornalísticos, que podem ser de grande valia e viralizar a sua campanha de financiamento coletivo pelo meio até chegar ao conhecimento dos influenciadores sociais. Foque seu tempo em contatar jornalistas locais. Procure-os nas redes sociais, mande emails para eles explicando porque seu projeto é sensacional e merece a atenção dele. Dica: jornais maiores sempre buscam matérias em canais locais e se sua campanha for boa, chamará a atenção da mídia.

Já para o Terceiro Setor, há um outro tipo de influenciador muito importante, o líder da comunidade. Eles mobilizarão as pessoas da comunidade mais rapidamente e estas serão mais facilmente engajadas, viralizando o projeto social da ONG de forma mais contundente. Afinal, não há ninguém mais indicado em defender a comunidade e seus projetos  sociais do que seus próprios moradores.

Campanhas que conseguiram visibilidade via influenciadores

A campanha Santuário Animal, que luta para arrecadar fundos para proporcionar um ambiente maior e mais confortável para os animais que abrigam, se tornou viral e conseguiu apoio de alguns artistas que acreditam na causa. O CQC, programa humorístico de televisão, dedicou um quadro à campanha. Enquanto isso, celebridades como o jogador Neymar, a youtuber Kefera, atrizes como Cléo Pires e Thaila Ayala e até a defensora dos direitos animais Luisa Mell usaram suas redes sociais para chamar a atenção para a gravidade da campanha.

Entretanto, são poucas as campanhas que atingem a imprensa dessa forma. Os criadores do jogo de cartas “Zueira Never Ends” optaram por fazer uma parceria com o site Sem Tilt, portal de games. Restando ainda 20 dias para o fim da campanha, já foram arrecadados mais de 50% da meta. Por isso, é importante saber onde está seu público e colocar seus esforços nos portais que podem atingi-lo.

A mídia social dá aos criadores de campanhas de financiamento coletivo incríveis ferramentas para expandir seu campo de arrecadação de contribuições. Divulgando a sua campanha de forma correta, você ultrapassa as barreiras locais e arrecada doações dos mais diversos locais do Brasil e até do mundo.

Saiba mais sobre influenciadores no artigo em inglês How to Market Matching Gifts to Your Organization’s Social Influencers

Crie sua campanha de crowdfunding!

2 Comments

Leave a Reply